quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Você é um privilegiado?

Para pensar. Veio daqui.

Sim, o vestibular é perfeitamente meritocrático e incorruptível. Mas, quando eu entro pra Medicina em uma Federal, porque estudei em um dos melhores colégios particulares da cidade e passei a adolescência me concentrando nos estudos, entre viagens ocasionais a Miami e Bariloche, e quando um neguinho favelado, que estudou a vida toda na escola estudual ao pé do morro, trabalhando desde os dez anos pra ajudar a família, levando porrada da polícia e evitando as tentações de trabalhar pro tráfico, quando esse moleque não passa nem no vestibular de Filosofia da mesma Federal, será que posso realmente, de verdade, de cara limpa e consciência idem, bater no peito e me orgulhar do mérito da minha conquista individual?

Um comentário:

Josir disse...

Sim, um importante texto para reflexão.
Penso que o mesmo vale para quando batemos no peito envaidecidos com nossas conquistas - sem ao menos ter consciência que muitas delas são frutos de uma vida que não teve a dureza de dias de pobreza.

Parabéns pelo texto!